Precisa de ajuda? Não hesite em nos contatar.

Post: Entenda o caso GR Canis Majoris!

Entenda o caso GR Canis Majoris!

De acordo com a pesquisa “Fraudes em Investimentos Financeiros”, lançada em junho de 2021 em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, Sebrae e Serviço de Proteção ao Crédito, nos últimos 12 meses no país cerca de 14% dos internautas perderam dinheiro em decorrência do efeito de investimentos fraudulentos.
Um dos últimos casos que se tornaram conhecidos, envolvendo a atuação de empresas fraudulentas, foi o do caso GR Canis Majoris. A empresa está listada como “Não Recomendada” pela plataforma Reclame Aqui. Conforme a plataforma, a não recomendação advém do fato de que a empresa responde a menos de 50% das reclamações publicadas.
No momento, há 289 reclamações cadastradas, e somente 59 respondidas. O principal problema listado pelos consumidores é o descumprimento de acordo firmado anteriormente, sendo este o tipo de problema mencionado em quase 60% dos comentários. Segundo a Google PlayStore, o aplicativo GR Canis Majoris foi baixado mais de 10 mil vezes, o que é um indicativo de que a empresa possuía certa relevância.


Caso GR Canis Majoris: o que aconteceu?


A empresa GR Canis Majoris vem sendo acusada de lesar clientes ao utilizar um dos golpes mais comuns hoje em dia, o esquema da pirâmide financeira. Conforme a pesquisa “Fraudes em Investimentos Financeiros”, do contingente aproximado de 1,3 milhão de pessoas vítimas de esquemas financeiros fraudulentos, cerca de 40% citaram a pirâmide financeira, sendo esta a maior fraude citada.
A empresa GR Canis Majoris se especializou no mercado de renda variável, trazendo diversidade nos investimentos ofertados e possibilidade de ganho mais rápido. Essa foi uma das razões para que ela conseguisse rotular grande volume de operações de capital, com apoio da tecnologia. A empresa prometia pagar 3% de juros por mês, supostamente devido ao lastreamento em “ativos internacionais”. Essa taxa de juros chama a atenção por oferecer um retorno superior aos demais investimentos regulamentados no país.
O GR Bank, associado à empresa e lançado em meio à pandemia, foi listado em matéria da revista Forbes, publicada em 2021. Conforme a matéria, em quatro meses de operação o banco digital angariou 10 mil pessoas para a plataforma. Mateus Davi, CEO do GR Bank, em citação veiculada pela matéria, comenta que o banco estava avaliado em R$ 70 milhões, na época, com base na carteira de clientes. Uma das propostas do banco digital era oferecer um atendimento digital, e sem custos de mensalidade e de anuidade.
Com base em outra estimativa, dessa vez, da Azaton Soluções Empresariais, em pouco mais de 6 meses de funcionamento a avaliação do GR Bank chegava a R$ 1 bilhão.
Contudo, o esquema da Canis Majoris funcionava às margens da lei e, agora, clientes que se dizem lesados entram com ações contra a empresa. Foram, pelo menos, 33 ações judiciais apresentadas na Justiça de São Paulo.

 

GR Canis Majoris: esquema fraudulento deflagrado?


O advogado Jorge Calazans, especialista na área criminal, sócio do Escritório Calazans & Vieira Dias Advogados e que atua na defesa das vítimas de fraudes financeiras, comentou que o roteiro seguido pela empresa GR Canis Majoris é similar aos demais golpes do gênero.
Calazans descreve que nos primeiros meses os investidores recebem os lucros, o que faz com que eles acabem divulgando o serviço para pessoas próximas, como os amigos e familiares. Com a entrada de mais dinheiro e o retorno, tem-se a impressão de que se trata, realmente, de um negócio legítimo.
O advogado, responsável por representar muitas vítimas de fraudes financeiras no país, comenta que, com o passar do tempo, há restrições do saque de capital principal e dos juros. Assim, a empresa pode dar desculpas sobre a situação, limitando as justificativas e as informações.
O especialista destaca que é preciso que as pessoas busquem formalizar a queixa, caso tenham passado por essa situação. Além disso, ele ressalta a importância da representação criminal no que diz respeito a sua relação com a reunião de provas e demais elementos contra os fraudadores.
Para Calazans, estima-se que cerca de 3,5 mil investidores tenham sido atraídos pela a empresa. Com base nas ações protocoladas até o momento, o valor gira em torno de R$ 4 milhões, contudo, o advogado destaca que não é possível ter noção da dimensão real.


GR Canis Majoris: nota da CVM


Ainda em 2017, a CVM, por meio de publicação por meio do site oficial do Governo Federal, já havia lançado um alerta com relação à GR Canis Majoris, sob o nome de GR Investimentos, e à Mateus Davi Pinto Lucio.
Conforme a nota, eles não estavam autorizados a exercer atividade de administração de carteira de valores mobiliários, uma vez que a CVM não havia autorizado previamente essa função.
O alerta dizia que a GR Investimentos, além de oferecer serviços de carteira de valores mobiliários sem ter credenciamento para tal na CVM, ainda realizava captação de poupança popular indevidamente.
A Deliberação CVM 770, publicada no primeiro semestre de 2017, declarava que deveria ocorrer a imediata suspensão dos serviços da GR Investimentos e de Mateus Davi Pinto Lucio, sob pena de pagamento de multa cominatória individual na quantia fixada em R$ 5 mil. A nota abria margem para que também pudesse ser aplicada demais penalidades cabíveis. Você pode conferir a nota na íntegraclicando aqui.

O escritório CVD Advogados traz uma série de postagens relevantes em seu blog. Com foco no mercado de recuperação de ativos financeiros, tem forte atuação em casos de investimentos fraudulentos (pirâmides financeiras, esquema Ponzi, falsas corretoras de investimentos, oferta irregular de investimento), além de prestar assessoria jurídica nas áreas de direito trabalhista, previdenciário, empresarial, civil e penal, através de um time de advogados preparados para atender os clientes. Não deixe de conferir todas as áreas de atuação e entre em contato com um dos escritórios de advocacia mais admirados do país.

Dr. Jorge Calazans

Dr. Jorge Calazans

Reconhecido como uma das principais autoridades em fraude financeira no Brasil, Jorge Calazans e o escritório Calazans e Vieira Dias Advogados se destacam por sua defesa intransigente dos direitos dos investidores e na recuperação de ativos em casos complexos de fraudes, incluindo pirâmides financeiras e esquemas Ponzi.

Acesso Rápido

Serviços

Nosso Escritório

2023 Todos os direitos reservados à Calazans & Vieira Dias Advogados