Precisa de ajuda? Não hesite em nos contatar.

Post: Manipulação emocional em pirâmides financeiras e a exploração das fases do luto

Manipulação emocional em pirâmides financeiras e a exploração das fases do luto

De acordo com a série de pesquisa “Fraudes em Investimentos no Brasil”, elaborada a partir de uma parceria entre o Sebrae, o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), liberada em junho de 2021, nos 12 meses antecedentes, cerca de 1,3 milhões de pessoas perderam dinheiro no Brasil em decorrência de esquemas fraudulentos.
Desse contingente, aproximadamente 40% citaram o esquema de pirâmide como a fraude em que caíram. Isso é suficiente para representar a expressividade desse esquema no Brasil, que representa um risco para muitos.
O que muitas pessoas podem não levar em consideração são os possíveis desdobramentos, para além do dinheiro, que este tipo de fraude pode ter. Isso porque as pirâmides financeiras não apenas causam prejuízos para as finanças das vítimas, mas possuem implicações emocionais, que devastam inúmeras vidas e famílias.


Como funciona o esquema de pirâmide financeira?


Antes de mais nada, é importante entender como funciona o esquema de pirâmide financeira. Esta fraude se baseia na premissa de que os investidores poderão conseguir ganhos altos em um curto período de tempo, sendo este um dos principais indicativos deste tipo de golpe.
No entanto, para supostamente ter acesso aos rendimentos, é necessário recrutar novos investidores para o esquema, uma vez que o pagamento dos rendimentos dos investidores mais antigos depende da entrada de novos investidores.
Ou seja, os membros captados para o esquema precisam convidar outras pessoas para participarem, gerando um ciclo capaz de prejudicar inúmeros cidadãos, embora haja a projeção ilusória de sucesso e lucratividade, o que pode atrair novas pessoas para o esquema de pirâmide.
O esquema recebe o nome de pirâmide justamente porque quem está no topo recebe o rendimento dos investidores subsequentes. Isso implica na falta de uma fonte de renda que seja efetivamente capaz de gerar receita para pagar os retornos prometidos, já que o dinheiro utilizado é justamente o dos novos investidores que entram no esquema.

 

A manipulação emocional em pirâmides financeiras


Um dos danos mais cruéis das pirâmides financeiras é a manipulação emocional dos investidores. Os gestores de pirâmides financeiras podem manipular as chamadas fases do luto, que normalmente estão associadas ao momento em que alguém perde um ente querido.
Essa manipulação das fases do luto pode ser responsável por gerir tanto as expectativas quanto o comportamento das vítimas. Há um roteiro definido para o qual é necessário se atentar:


Negação
A primeira fase é a negação. Nesta etapa, é comum que os organizadores de pirâmides financeiras ofereçam desculpas para as vítimas, como bloqueios judiciais, bloqueios bancários, ataques de hackers, dentre outros, de modo a ocultar o que está acontecendo de verdade. É comum que sejam feitas promessas para resolver a questão rapidamente.


Raiva
Na segunda fase, as vítimas comumente já perceberam o erro, mas a frustração é direcionada para outros elementos, como, por exemplo, para os advogados, que podem ser taxados de exploradores. Com isso, as vítimas podem ficar confusas, o que dificulta ter foco na obtenção de justiça real.


Barganha
Na terceira fase, a da barganha, as vítimas podem ser induzidas a pensar que evitar ações legais poderá trazer vantagens ou compensações. Nesta etapa, os fraudadores podem fazer novas promessas, com o intuito de estimular esperança nas vítimas.


Depressão
Na fase da depressão, as vítimas podem sentir humilhação, vergonha, desesperança ou um desestímulo para buscar a Justiça e denunciar o crime. Os fraudadores podem se aproveitar desses sentimentos para criarem barreiras adicionais, com o objetivo de que as vítimas percam ainda mais a vontade de buscarem auxílio jurídico.


Aceitação
A última fase, a da aceitação, está diretamente relacionada com a resignação. Ou seja, poucas vítimas realmente terminam por buscar aparatos legais para denunciarem o crime. De acordo com estimativas, menos de 20% das vítimas buscam os seus direitos.
Essa prática, deve-se mencionar, contribui para os golpistas que atuam com esquemas de pirâmides financeiras, já que a baixa procura por Justiça pode estimular a continuidade de fraudes como essas.


Ações contra as pirâmides financeiras


É necessário agir para desmantelar esquemas como o das pirâmides financeiras, embora isso seja algo complexo. Para poder proteger as pessoas de esquemas como esses, é fundamental investir em educação financeira já que, ao reconhecer os sinais de fraudes, as pessoas tornam-se menos propensas a serem vítimas.
Isso também reforça a necessidade da atuação de órgãos reguladores, como é o caso da Comissão de Valores Mobiliários, entidade associada ao Ministério da Fazenda. Esses órgãos atuam para combater as operações fraudulentas, bem como para proteger os investidores, trazendo benefícios para todo o mercado financeiro.
Além disso, é igualmente essencial prestar assistência não apenas legal mas também emocional às vítimas, e implementar leis mais rigorosas sobre o assunto, com o intuito de reduzir o número de esquemas fraudulentos, como as pirâmides financeiras e esquemas Ponzi.

O escritório CVD Advogados traz uma série de postagens relevantes em seu blog. Com foco no mercado de recuperação de ativos financeiros, tem forte atuação em casos de investimentos fraudulentos (pirâmides financeiras, esquema Ponzi, falsas corretoras de investimentos, oferta irregular de investimento), além de prestar assessoria jurídica nas áreas de direito trabalhista, previdenciário, empresarial, civil e penal, através de um time de advogados preparados para atender os clientes. Não deixe de conferir todas as áreas de atuação e entre em contato com um dos escritórios de advocacia mais admirados do país.

Dr. Jorge Calazans

Dr. Jorge Calazans

Reconhecido como uma das principais autoridades em fraude financeira no Brasil, Jorge Calazans e o escritório Calazans e Vieira Dias Advogados se destacam por sua defesa intransigente dos direitos dos investidores e na recuperação de ativos em casos complexos de fraudes, incluindo pirâmides financeiras e esquemas Ponzi.

Acesso Rápido

Serviços

Nosso Escritório

2023 Todos os direitos reservados à Calazans & Vieira Dias Advogados